61 • Quinta de Rayol, 002, 003 • Le Rayol-Canadel-sur-Mer (83820) (Fr.) • Paisag. : Gilles Clément com A. Tourette, P. Déliau, T. Jourd’heuil, F. Macquart-Moulin, J.-L. Felizia, J.-M. Battin, F. Neau (desde 1989) • (Fotos 2012)

Um jardim periurbano

A Côte d’Azur, no mar Mediterrâneo, é objeto, há mais de um século, de uma especulação imobiliária desenfreada. O território é coberto, entre cidades e lugarejos, de milhares de casas símbolos e sinais ostentatórios de sucesso social. A rede rodoviária percorre esse sem-número de casas e piscinas. Aqui, não passa pela ideia de ninguém viver sem seu veículo de quatro rodas, obviamente reluzente, certamente grande consumidor de energia. É, portanto, uma área periurbana de extrema densidade populacional que viu surgir em 1989, um terreno que, pela localização precisa, tornou-se um jardim que mantém uma relação estreita com a cidade.
Mais que em muitos parques públicos, a topografia acidentada e a densidade da vegetação fazem deste lugar público um espaço de silêncio, enquanto nas redondezas rondam muitos veículos 4X4. Este jardim é uma ilha, rara e afastada do mundo, um absoluto encantado onde operam febrilmente, com discrição e eficácia, os trinta funcionários da propriedade, convencido da pertinência de um projeto a ser defendido e desenvolvido com paixão. De forma serena, frente à beleza do mundo.